Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2009

Falecimento: Fernando Namora 1919-1989

Imagem
Fernando Gonçalves Namora (Condeixa-a-Nova, 15 de Abril de 1919 - Lisboa, 31 de Janeiro de 1989) foi um escritor português.
O seu volume de estreia foi Relevos (1938), livro de poesia onde se notam as influências do grupo da Presença. No mesmo ano, publicou o romance As Sete Partidas do Mundo, galardoado com o Prémio Almeida Garrett, onde se começa a esboçar o seu encontro com o neo-realismo, ainda mais patente três anos depois com a poesia de Terra no Novo Cancioneiro.
Entre os títulos que publicou encontram-se os volumes de prosa Fogo na Noite Escura (1943), Casa da Malta (1945), As Minas de S. Francisco (1946), Retalhos da Vida de um Médico (1949 e 1963), A Noite e a Madrugada (1950), O Trigo e o Joio (1954), O Homem Disfarçado (1957), Cidade Solitária (1959), Domingo à Tarde (1961, Prémio José Lins do Rego, Os Clandestinos (1972) e Rio Triste (1982). Além dos já mencionados, publicou em poesia Mar de Sargaços (1940) e Marketing (1969). A sua produção poética conheceu uma antologia d…

O pequeno cavalo branco

Imagem
O filme chama-se "The Secret of Moonacre" e é baseado no clássico romance para crianças "The Little White" (O Pequeno Cavalo Branco), da escritora inglesa Elizabeth Goudge. Sinopse: Quando o pai de Maria Merryweather morre, deixando a garota de apenas 13 anos de idade órfã, ela é forçada a deixar sua vida luxuosa em Londres para ir morar com Sir Benjamin, um tio excêntrico que ela não sabia da existência, na misteriosa mansão em Moonacre. Não demora muito e Maria se vê num mundo sombrio e cheio de disputas de interesse e poder entre o tio e a sinistra família de Coeur De Noir. A jovem também descobre que ela é o centro de tudo, uma vez que ela é a última princesa herdeira da linhagem. Maria, agora, será guiada por uma legião de estranhos aliados na tentativa de manter a honra de sua família e evitar que Moonacre desapareça para sempre.Em inglês e principalmente para as escolas do 1º Ciclo, pode ver ainda um recurso interactivo para utilizar na sua sala de aula que…

Livro da semana

Imagem
"Os doze rapazes" / Luís Ferreira
Editora: Ecopy Edição: 2008 Sinopse Um docente desempregado foi colocado longe de casa. Juan deixou tudo e partiu. Na escola encontrou uma turma de doze rapazes muito irreverentes. Durante o ano, foi hostilizado pelo Conselho Executivo e pela população. Finalmente, acabou por ser expulso. Boas Leituras

António Feliciano de Castilho: 1800-1875

Imagem
António Feliciano de Castilho, primeiro visconde de Castilho, (Lisboa, 28 de Janeiro de 1800 — Lisboa, 18 de Junho de 1875) foi um escritor romântico português, polemista e pedagogo, inventor do Método Castilho de leitura. Em consequência de sarampo perdeu a visão quase completamente aos 6 anos de idade. Licenciou-se em direito na Universidade de Coimbra. Viveu alguns anos em Ponta Delgada, Açores, onde exerceu uma grande influência entre a intelectualidade local. Contra ele se rebelou Antero de Quental (entre outros jovens estudantes coimbrões) na célebre polémica do Bom-Senso e Bom-Gosto, vulgarmente chamada de Questão Coimbrã, que opôs os jovens representantes do realismo e do naturalismo aos vetustos defensores do ultra-romantismo. Obras de António Feliciano de Castilho na Biblioteca Municipal: Cartas de echo e narciso dedicadas à mocidade academica da universidade de Coimbra / António Feliciano de Castilho. - Coimbra : Imprensa da Universidade, 1836 Castilho e Camilo: correspondenci…

Morreu o escritor americano John Updike

Imagem
Morreu John Updike, um dos mais prolíferos novelistas norte-americanos do pós-guerra. Foi ontem, em Beverly Farms, Massachussets, em resultado de um cancro. Tinha 76 anos.Updike é visto pelos críticos como um erudito com o génio voltado para temas de sexo, divórcio e outras aventuras, no resumo que a Reuters fez dele, minutos depois de anunciada a morte, comunicada pelo seu editor, Alfred A. Knopf. O escritor venceu o Prémio Pulitzer e foi lido por gerações. Updike escreveu histórias curtas e longas, novelas, romances, ensaios, poemas, críticas, um pouco de tudo. Até sobre "baseball", neste caso num escrito sobre Ted Williams, um campeão da modalidade, que fez sucesso. Desde que começou a escrever, nos anos de 1950, publicou mais de 50 obras. Era um frequente candidato aos Pulitzer, que ganhou duas vezes, com Rabit Is Rich e Rabit at Rest. De outros dos galardões que venceu destaque-se dois National Book Awards. [publico.pt]
Livros de John Updike na Biblioteca Municipal: O Te…

Animação / Dinamização: Programa de Fevereiro 2009

Imagem
Hora do Conto
“O baile de máscaras”
Público Alvo: maiores de 3 anos Sujeita a marcação
"Era uma vez um senhor muito, muito curioso.
Uma vez perguntou ao menino elefante o que é que ele gostava de ser, quando fosse crescido..."
António Torrado
“Nico e a chuva”
Público Alvo: maiores de 3 anos Sujeita a marcação
"Nico era um caracol muito simpático que gostava de brincar com os seus amigos..."

Cinema Infantil
“A história da Carohinha” Público Alvo: maiores de 4 anos


“Meu amigo o dragão” Público Alvo: maiores de 4 anos



Minuto(s) de Leitura (sábados)
“Dois sapatinhos” Público Alvo: maiores de 3 anos
"Dois sapatinhos muito engraxadinhos sonhavam (e esta?) ir a uma festa..."

Razvan
Ateliê Oficina de expressão dramática para crianças
“Elaboração de máscaras de carnaval”
Público Alvo: 6 aos 12 anos


Mostra Documental Temática: 210 anos nascimento de Almeida Garrett
“Almeida Garrett: vida e obra 1799-1854”
Público Alvo: comunidade em geral 3 a 7 de Fevereiro

DESTINO Quem disse à estrela o …

"Anjos e Demónios" estreia em Portugal a 14 de Maio

Imagem
A equipa que esteve por detrás do fenómeno "O Código Da Vinci" (2006) volta a reunir forças para realizar "Anjos e Demónios", baseado no best seller de Dan Brown.
O filme "O Código Da Vinci", apesar das críticas negativas recebidas, tornou-se um campeão de bilheteiras ao arrecadar mais de 155 milhões de euros, motivo suficiente para Ron Howard voltar a adaptar um livro de Dan Brown.
Segundo o site oficial do filme, "Anjos e Demónios" tem estreia marcada em Portugal a 14 de Maio de 2009. A data não foi escolhida ao acaso, coincide com o lançamento do quinto romance de Dan Brown, "The Solomon Key". O filme "Anjos e Demónios" conta uma vez mais com a presença do professor Robert Langdon (Tom Hanks) na procura de uma antiga irmandade secreta, os Illuminati, ao mesmo tempo que defronta uma ameaça mortal que paira sobre a igreja católica.
Durante a eleição de um novo Papa, um dos cardeais é dado como desaparecido, Victoria Vetra (Aye…

Seminário "Conservação de património em contexto autárquico" - 5 e 6 de Fevereiro

Imagem
Seminário “Conservação de património em contexto autárquico”
A Área Metropolitana do Porto promove, através do Conselho Metropolitano dos Vereadores da Cultura, nos próximos dias 5 e 6 de Fevereiro de 2009, na Exponor, em Matosinhos e inserido no Fórum Cultura e Criatividade 2009, o Seminário subordinado ao tema “Conservação do Património em Contexto Autárquico”, cujo objectivo é a troca de experiências e conhecimentos sobre esta temática, cuja actualidade é considerada da maior importância, analisando e discutindo exemplos da actividade autárquica no domínio da conservação do património em vertentes como a formação, modelos organizativos, planeamento, parcerias e financiamentos.
O primeiro dia é dedicado a uma abordagem do ponto de vista do planeamento e, o segundo, é dedicado à apresentação de projectos ou iniciativas levados a cabo por municípios da Área Metropolitana do Porto que possibilitem a apresentação técnica de acções desenvolvidas nas mais diferentes abordagens do Património…

Nascimentos: João Ubaldo Ribeiro 1941 -

Imagem
João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro (Itaparica, 23 de Janeiro de 1941) é escritor, jornalista, roteirista e professor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras. Vencedor do Prémio Camões de 2008, maior premiação para autores de língua portuguesa. Ubaldo Ribeiro teve algumas obras adaptadas para a televisão e para o cinema, além de ter sido distinguido em outros países, como a Alemanha. É autor de romances como Sargento Getúlio, O Sorriso do Lagarto, Miséria e grandeza do amor de Benedita, Já podeis da Pátria filhos e outras histórias, Diário do farol, A Casa dos Budas Ditosos, que causou polémica e ficou proibido em alguns estabelecimentos, e Viva o Povo Brasileiro, tendo sido, esse último, destacado como samba-enredo pela escola de samba Império da Tijuca, no Carnaval de 1987. Todos estes títulos estão disponíveis na Biblioteca Municipal. Boas Leituras.

Porto Editora reforça núcleo de autores lusos

Imagem
Uma nova chancela para a edição de livros técnicos e o reforço do leque de autores portugueses são algumas das novidades anunciadas esta quinta-feira pela Porto Editora no que respeita à sua actividade literária para este primeiro trimestre do ano.

Francisco José Viegas, José Manuel Saraiva, Pedro Sena-Lino e João Céu e Silva juntam-se a Gonçalo M. Tavares no leque de autores portugueses que entram no catálogo de literatura da Porto Editora. O grupo, que tem sido líder na área dos manuais escolares e dos dicionários, está apostado em tornar-se uma referência na área da literatura conseguiu já, no âmbito das suas novas apostas, reunir nomes como os de João Aguiar ou Rosa Lobato Faria (no campo dos autores portugueses) ou os renomados Artur Perez - Reverte, Sveva Casati Modignani ou Luís Sepúlveda de quem já este mês lançam a reedição de "O velho que lia romances de amor".
Até Abril, e a pensar já nas feiras do livro, a Porto Editora vai publicar 21 novos títulos de ficção e não…

Congresso Internacional de Promoção da Leitura 22 e 23 de Janeiro

Imagem
"Formar leitores para ler o mundo"

Nos dias 22 e 23 de Janeiro de 2009, o projecto GULBENKIAN CASA DA LEITURA organizará um Congresso Internacional de Promoção da Leitura, tendo por tema FORMAR LEITORES PARA LER O MUNDO. O Congresso pretende seguir as áreas que estruturam o portal, ou seja, a literatura infanto-juvenil, as questões teóricas da leitura enquanto processo cognoscivo e as boas práticas e estratégias de promoção da leitura. Assim, na sequência dos objectivos da Casa da Leitura, trata-se de acrescentar eficácia ao desenvolvimento de projectos e políticas de formação de leitores competentes. Formar leitores competentes é, pois, a linha orientadora do Congresso: as políticas, estratégias, metodologias e instrumentos para a formação de novos públicos leitores devem ser o fio condutor e unificador de todas as temáticas abordadas.
O programa do Congresso está disponível aqui. A Fundação Calouste Gulbenkian fará a transmissão on-line em directo das sessões neste endereço…

Livro da Semana

Imagem
"O Cavaleiro da Ilha do Corvo" / Joaquim Fernandes
Edição: 2008
Editor: Temas e Debates

Sinopse
Um achado intrigante capaz de mudar a história dos descobrimentos.
Quando os navegadores portugueses chegaram à pequena ilha do Corvo, nos Açores, em meados do século XV, encontraram ali uma intrigante estátua de pedra, representando um cavaleiro com traços característicos do Norte de África. No palco desta excitante peregrinação, no rasto da «estátua da ilha do Corvo» e do seu significado último, emerge o confronto que opõe Michael Serpa e Lúcia Lacroix, dois historiadores a procura da Verdade intemporal, e um enigmático e persistente adversário sem rosto que se manifesta ao longo do tempo: os Cristoforos.

Poesia sim

Surdo, Subterrâneo Rio

Surdo, subterrâneo rio de palavras
me corre lento pelo corpo todo;
amor sem margens onde a lua rompe
e nimba de luar o próprio lodo.

Correr do tempo ou só rumor do frio
onde o amor se perde e a razão de amar
--- surdo, subterrâneo, impiedoso rio,
para onde vais, sem eu poder ficar?

Eugénio de Andrade

Centro Documental e Bibliográfico Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa

Imagem

2009 Ano Internacional da Astronomia

Imagem

Nascimentos: Eugénio de Andrade 1923-2005

Imagem
Eugénio de Andrade (Fundão, 19 de Janeiro de 1923 — Porto, 13 de Junho de 2005).


Galardoado, em 2001, com o Prémio Camões, o mais importante prémio para autores de língua portuguesa, Eugénio de Andrade foi o pseudónimo de José Fontinhas Rato. Fixou-se em Lisboa aos dez anos, com a mãe, que entretanto se separara do pai.
Apesar do seu enorme prestígio nacional e internacional, Eugénio de Andrade sempre viveu distanciado da chamada vida social, literária ou mundana, tendo o próprio justificado as suas raras aparições públicas com «essa debilidade do coração que é a amizade».
Recebeu um sem número de distinções, entre as quais o Prémio da Associação Internacional de Críticos Literários (1986), Prémio D. Dinis da Fundação Casa de Mateus(1988), Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores (1989) e Prémio Camões (2001).
Em Setembro de 2003 a sua obra Os sulcos da sede foi distinguida com o prémio de poesia do Pen Clube Português.
Faleceu a 13 de Junho de 2005, no Porto, após um…

Teolinda Gersão distinguida com o Prémio Literário da Fundação Inês de Castro

Imagem
A autora foi distinguida com a segunda edição do Prémio Literário da Fundação Inês de Castro, sedeada em Coimbra. Um prémio de valor "afectivo", considerou Teolinda Gersão.
Criada em 2005 e sedeada na Quinta das Lágrimas, em Coimbra, a Fundação Inês de Castro tem desenvolvido trabalho cultural à volta da temática inesiana ou da investigação histórica.

Atelier "Inverno"

Imagem

Falecimentos: Camilo José Cela 1916-2002

Imagem
Camilo José Cela Trulock (Padrón, 11 de Maio de 1916 — Madrid, 17 de Janeiro de 2002) foi um influente escritor espanhol e membro da Real Academia Espanhola desde 1957 até a sua morte. Ganhou o Prémio Nobel da Literatura em 1989. Obras de Camilo José Cela na Biblioteca Municipal: "Mazurca para dois mortos" "A colmeia" "Ofício das trevas" "A cruz de Santo André" A família de Pascoal Duarte" Boas Leituras

Livro da Semana

Imagem
O Arquipélago da Insónia / António Lobo Antunes
Editor: Dom Quixote

Sinopse

Excerto
«Começamos por uma casa, pelo sentimento uma força em exercício, um poder que vem de há muito tempo, quando essa casa era igual mas era uma herdade, um latifúndio, quando nada faltava - a família, as empregadas na cozinha, o feitor, os campos, a vila ao fundo, e a voz do avô a comandar o mundo.Agora há fotografias no Alentejo em vez de pessoas, e há objectos, cientes que também acabarão sem ninguém, há memórias de quem dorme, ou morreu, mortos que não sabem se a vida foi vida, há os irmãos, um é autista, e a imagem da mãe muito nítida, sempre de costas"(alguma vez a vi sem ser de costas para mim?)". Nessa altura já não se sabia a que cheira o vento, como não se sabe para onde foi a Maria Adelaide, morta também, foi para Lisboa?A herdade foi tirada ao autista, e a doença (de quem?) é um arquipélago branco nas radiografias dos outros, um arquipélago normal, inocente. Estão todos mortos ou estão to…

Resultados estatísticos do ano de 2008

A política da qualidade da BMCBMRS da Câmara Municipal de Celorico de Basto visa satisfazer o munícipe, através da melhoria das condições de vida, de trabalho e de lazer dos habitantes do Concelho e simplificar e desburocratizar os serviços prestados. Neste sentido cabe aferir a satisfação dos nossos utilizadores relativamente aos serviços prestados. Resultados do ano de 2008: Atendimento - 3,21 Qualidade do espaço - 3,5 Informação disponível - 3,33 Qualidade da colecção - 3,15 Serviços electrónicos - 2,96 Nível de satisfação global - 3,33 Grau de satisfação: 1 Satisfaz Pouco - 2 Satisfaz - 3 Bom - 4 Muito BomO questionário pode ser solicitado na Biblioteca Municipal.

Falecimentos: Anais Nin 1903-1977

Imagem
Anaïs Nin (21 de Fevereiro de 1903, Neuilly, perto de Paris - 14 de Janeiro de 1977, Los Angeles) escritora que se tornou famosa pela publicação de diários pessoais, que medem um período de quarenta anos, começando quando tinha doze anos. Foi amante de Henry Miller e só permitiu que seus diários fossem publicados após a morte de seu marido.
Obras de Anais Nin na Biblioteca Municipal: Henry & June : do diário íntimo de Anais Nin / Anais Nin. - Lisboa : Presença, 1991 Escadas de Incêncio / Anais Nin. - Lisboa : Livraria Brtrand, 1983 O Diário de Anaïs Nin / trad. de Maria Dulce ESteves Reis. - Lisboa : Bertrand, 1966 Vénus erótica / Anais Nin. - Lisboa : Círculo de Leitores, 1981 Boas Leituras

Falecimentos: James Joyce 1882-1941

Imagem
James Augustine Aloysius Joyce (Dublin, 2 de Fevereiro de 1882 — Zurique, Suíça, 13 de Janeiro de 1941) escritor irlandês expatriado. É amplamente considerado um dos autores de maior relevância do século XX. As suas obras mais conhecidas são o volume de contos Dublinenses (1914) e os romances Retrato do Artista Quando Jovem (1916), Ulisses (1922) e Finnegans Wake (1939) - o que se poderia considerar um "cânone joyceano".
Embora Joyce tenha vivido fora de seu país natal pela maior parte da vida adulta, as suas experiências irlandesas são essenciais para a sua obra. O seu universo ficcional enraíza-se fortemente em Dublin e reflecte a sua vida familiar e eventos, amizades e inimizades dos tempos de escola e faculdade. Desta forma, ele é ao mesmo tempo um dos mais cosmopolita e um dos mais particularista dos autores modernistas de língua inglesa. Obras de James Joyce na Biblioteca Municipal: Ulisses / James Joyce. - Lisboa : Difel, 1994 Gente de Dublin / James Joyce. - Mem Martins …

Plano de formação BAD-Norte para 2009

Já foi publicado o plano de formação da BAD-Norte para 2009. O plano de formação pode ser consultado em Plano de formação na sede da BAD- Lisboa

"Era uma vez um rei"

Imagem
Conheces a colecção "Era uma vez um Rei", publicada pelo Jornal Expresso? O Instituto Camões disponibiliza on-line todas as histórias publicadas. São 12 histórias que narram os feitos de 12 reis de Portugal, o primeiro a entrar em cena é D. Afonso Henriques, O Conquistador.
Navega até
http://www.instituto-camoes.pt/cvc/aprender-portugues/a-ler/era-uma-vez-um-rei.html. Boas leituras

Falecimentos: Agatha Christie 1890-1976

Imagem
Agatha Mary Clarissa Mallowan (Torquay, 15 de Setembro de 1890 — Wallingford, 12 de Janeiro de 1976), mundialmente conhecida como Agatha Christie, foi uma romancista policial britânica e autora de mais de oitenta livros. Os seus livros são os mais traduzidos de todo o planeta, superados apenas pela Bíblia e pelas obras de Shakespeare. É conhecida como Duquesa da Morte, Rainha do Crime, entre outros títulos.
Criou os famosos personagens Hercule Poirot, Miss Marple, Tommy e Tuppence Beresford e Parker Pyne. A Biblioteca Municipal possui varias obras da escritora. Boas Leituras

Nascimentos: Charles Perraut 128-1703

Imagem
Charles Perrault (Paris, 12 de Janeiro de 1628 — Paris, 16 de maio de 1703) foi um escritor e poeta francês do século XVII, que estabeleceu bases para um novo género literário, o conto de fadas. Ficou conhecido como o Pai da Literatura Infantil. As suas histórias mais conhecidas são O Capuchinho Vermelho, A Bela Adormecida, O Gato de Botas, Cinderela, Barba Azul e O Pequeno Polegar. Contemporâneo de Jean de La Fontaine, Perrault também foi advogado e exerceu algumas actividades como superintendente do Rei Luís XIV de França. A maioria das suas histórias ainda hoje são editadas, traduzidas e distribuídas em diversos meios de comunicação, e adaptadas para várias formas de expressões, como o teatro, o cinema e a televisão, tanto em formato de animação como de acção viva. Na Biblioteca Municipal pode encontrar os livros de Charles Perrault. Boas Leituras

Tintin faz 80 anos

Imagem
Foi a 10 de Janeiro de 1929 que o belga "Le Petit Vingtième" publicou a primeira prancha de Tintin, dando início a uma aventura cuja actualidade, 80 anos depois, se faz cada vez mais distante da banda desenhada.
Com mais de 200 milhões de álbuns vendidos, a actualidade de Tintin a nível editorial (uma vez que o último álbum original é de 1976 e que Hergé faleceu em 1983) vem das sucessivas reedições em novas línguas e dialectos (que somam já mais de 50) e formatos, como o recente "Tout Tintin", que compila as 24 histórias num único tomo de 1694 páginas. Na tua Biblioteca podes encontrar todos os volumes das histórias do Tintin. Boas Leituras

Falecimentos: Gabriela Mistral 1889-1957

Imagem
Gabriela Mistral foi o pseudónimo escolhido por Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga (Vicuña, 7 de Abril de 1889 - Nova Iorque, 10 de Janeiro de 1957). Poetisa, educadora, diplomata e feminista chilena, vencedora do Prémio Nobel da Literatura em 1945. Os temas centrais nos seus poemas são o amor, o amor de mãe, memórias pessoais dolorosas e mágoa e recuperação. Lucíla nasceu na cidade de Vicuña, Chile, em 7 de Abril de 1889. Educada na sua cidade natal, começou a trabalhar como professora primária (1904) e ganhou renome ao vencer os Juegos Florales de Santiago (1914) com Sonetos de La muerte, sob o pseudónimo de Gabriela Mistral, cuja escolha deu-se em homenagem aos seus poetas predilectos: o italiano Gabriele D'Annunzio e o provençal Frédéric Mistral.
Em 1922 é convidada pelo Ministério da Educação do México a trabalhar nos planos de reforma educacional daquele país. O Prémio Nobel transformou-a em figura de destaque na literatura internacional e levou-a a viajar po…

Nascimentos: Aleksey Nikolayevich Tolstoy 1883-1945

Imagem
Aleksey Nikolayevich Tolstoy (em russo: Алексей Николаевич Толстой, 10 de Janeiro de 1883 – 23 de Fevereiro de 1945) foi um escritor russo que escreveu em muitos géneros, mas especializou-se em ficção científica e novelas históricas.

Neve em Celorico de Basto

Imagem

Livro da Semana

Imagem
Lisboa Triunfante / David Soares
Edição: 2008
Editor: Saída de Emergência
Sinopse

Lisboa Triunfante é um romance épico sobre a rivalidade entre duas figuras misteriosas, cuja contenda milenária se cruza com a história da capital portuguesa. Desde as origens pré-históricas de Lisboa até aos anos turbulentos que antecederam a implantação da República, passando pela elevação da cidade a capital do Reino por Afonso III e pela construção enigmática do Mosteiro dos Jerónimos, a galeria de personagens que dão vida a Lisboa Triunfante contém figuras como Frei Gil de Santarém, D. João V e Aquilino Ribeiro. Reunindo elementos de romance histórico e fantástico, este é o livro definitivo sobre uma Lisboa mágica, que possui tanto de reconhecível quanto de maravilhoso. Lisboa Triunfante é um triunfo da imaginação. Boas Leituras

Falecimentos: Ilse Llosa 20 de Março 1913 - 6 de janeiro 2006

Imagem
Nascida na Alemanha, frequentou o liceu em Osnabrück e Hildesheim e mais tarde um instituto comercial em Hannover.
Ameaçada pela Gestapo de ser enviada para um campo de concentração devido à sua origem judaica, abandonou o seu país natal em 1930. Deslocou-se primeiro para Inglaterra onde teve os primeiros contactos com escolas infantis e com os problemas das crianças. Chegou a Portugal em 1934, tendo-se fixado na cidade do Porto, onde casou com o arquitecto Arménio Taveira Losa, tendo adquirido a nacionalidade portuguesa. Em 1943, publicou o seu primeiro livro "O mundo em que vivi" e desde dessa altura, dedicou a sua vida à tradução e à literatura infanto-juvenil, tendo sido galardoada em 1984 com o Grande Prémio Gulbenkian para o conjunto da sua obra dirigida às crianças. Em 1998 recebeu o Grande Prémio de Crónica, da APE (Associação
Portuguesa de Escritores) devido à sua obra À Flor do Tempo. Colaborou em diversos jornais e revistas, alemães e portugueses, está representada…

6 de Janeiro - Dia de Reis

Os Reis Magos são personagens que vieram do Oriente, guiados por uma estrela, para adorar o Deus Menino, em Belém (Mateus 2, 1-12).
Ignora-se a providência dos Reis Magos, este episódio foi apenas relatado no Evangelho de S. Mateus e, mesmo assim, de forma muito resumida e vaga. Só com o passar do tempo, se foram acrescentando detalhes, para se sanarem as lacunas deixadas no Evangelho em relação a esta história.
A designação “Mago” era dada, entre os Orientais, à classe dos sábios ou eruditos, contudo esta palavra também era usada para designar os astrólogos. Isto fez com que, inicialmente, se pensasse que estes magos eram sábios astrólogos, membros da classe sacerdotal de alguns povos orientais, como os caldeus, os persas e os medos.
Posteriormente, a Igreja atribuiu-lhes o apelido de “Reis”, em virtude da aplicação liberal que se lhes fez do Salmo 71,10.
Quanto ao número e nomes dos Reis Magos são tudo suposições sem base histórica, aliás algumas pinturas dos primeiros séculos mostram …

Autor do Mês: Miguel Torga 1907-1995

Imagem
Miguel Torga, pseudónimo de Adolfo Correia Rocha, (São Martinho de Anta, Vila Real, 12 de Agosto de 1907 — Coimbra, 17 de Janeiro de 1995) foi um dos mais importantes escritores portugueses do século XX.
Filho de Francisco Correia Rocha e Maria da Conceição Barros, gente humilde do campo do concelho de Sabrosa (Alto Douro). Em 1917, aos dez anos, vai para uma casa apalaçada do Porto, habitada por parentes da família. Fardado de branco servia de porteiro, moço de recados, regava o jardim, limpava o pó e polia os metais da escadaria nobre, atendia campainhas. Foi despedido um ano depois, devido à constante insubmissão. Em 1918 vai para o Seminário de Lamego, onde viveu um dos anos cruciais da sua vida, tendo melhorado os conhecimentos de português, da geografia, da história, aprendido o latim e ganhado familiaridade com os textos sagrados. No fim das férias comunicou ao pai que não seria padre.



Emigrou para o Brasil em 1919, com doze anos, para trabalhar na fazenda do tio, na cultura do c…