Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2017

Livro da semana: "Teresa, nome de mulher" de Fernando Maia

Imagem
Teresa, Nome de Mulher Edição ou reimpressão: 12-2016 Editor: Chiado Editora Páginas: 522
SINOPSE Há um tempo para tudo e até para amar e ser amado, e um abraço que sequer apertado e um nó que a vida por vezes dá e se quer desatado. Há um tempo que se prolongou de mais e a espera se fez longa, num correr quase sem norte, na esperança de mais tempo, e com tempo se ter tempo, porque a vida nos leva o tempo, num corre corre contra o tempo. Jeremias não perdera a noção do tempo e quer recuperar o que perdera, quer voar se preciso for, para os braços de quem espera há um ror de tempo. Teresa recebe mesmo a tempo notícias do seu amor, novas que há muito aguarda. Jeremias está no ar e sobre as nuvens, voa para os braços de quem ama, que tanto aguardam os seus, para o enlace, para o desejado aperto. Finalmente a desejada e merecida partida, rumo a um mundo novo, ao encontro da outra parte de si.

Livro da semana: "Não se pode morar nos olhos de um gato" de Ana Margarida de Carvalho

Imagem
Não se Pode Morar nos Olhos de Um Gato de Ana Margarida de Carvalho Edição ou reimpressão: 04-2016 Editor: Editorial Teorema Páginas: 352
SINOPSE Em finais do século XIX, já depois da abolição da escravatura, um tumbeiro clandestino naufraga ao largo do Brasil. Um grupo de náufragos atinge uma praia intermitente, que desaparece na maré cheia: um capataz, um escravo, um mísero criado, um padre, um estudante, uma fidalga e sua filha, um menino pretinho ainda a dar os primeiros passos... Todos são vencedores na morte, perdedores na vida. O mar, ao contrário dos seus antecedentes quotidianos, dá-lhes agora uma segunda oportunidade, duas vezes por noite, duas vezes por dia. Ao contrário do que pensam, não estão sós naquele cárcere, com os penhascos enquanto sentinelas, cercados de infinitos, entre o céu e o oceano. Trazem com eles todos os seus remorsos, todos os seus fantasmas. E mais difícil do que fazerem-se ao mar ou escalarem precipícios será ultrapassarem os preconceitos: os de raça, os…

Livro da semana: "A brecha" de João Pedro Porto

Imagem
A Brecha de João Pedro Porto Edição ou reimpressão: 04-2017 Editor: Quetzal Editores Páginas: 280
SINOPSE Em noite de exagerado temporal, um misterioso homem encoberto brota do chão de Sagres. Desmemoriado e desnorteado segue pela costa vicentina. Um outro, aborrecido com a banalidade do seu tempo, decide entrar pela brecha que rompe pela parede do quarto, esperando recuperar coisas esquecidas, como a exploração, a descoberta e até mesmo a conquista. Haverá um vínculo crescentemente claro entre os heróis. Pela brecha viver-se-á uma epopeia, do lugar em que dois mares se suturam até à cidade que deu a ruína e um mito fadado a Portugal. 
Uma morte dada aos deuses, o cruzamento de mitologias, a viagem pela umbra humana, e muitas outras tramas intrincadas fazem deste livro um santuário da Língua, em que se aliam o contemporâneo e a memória. Nestas páginas, a sedução da narrativa épica e a pujança da poesia e do teatro pedem um leitor pronto à verdadeira aventura literária.

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Imagem
Todos Os Caminhos
de Clara Pinto Correia Edição ou reimpressão: 10-2017 Editor: 4 Estações Editora Páginas: 300
SINOPSE 1º livro da nova Trilogia A Tirania da Distância da conceituada autora Clara Pinto Correia.
Estar sozinha na Califórnia, podia ser uma tortura ou uma aventura, e eu sabia perfeitamente que isso só dependia de mim. Não era propriamente a América que poderia apanhar-me de surpresa depois de lá ter vivido tantos anos que chegaram ao ponto de me darem maridos e filhos.  E muito menos os americanos...
Imagem
Isabel de Aragão – Entre o Céu e o Inferno de Isabel Stilwell Edição ou reimpressão: 04-2017 Editor: Manuscrito Editora Páginas: 528
SINOPSE Entre o céu e o inferno. Assim foi a vida de Isabel de Aragão.
Nasceu envolta no saco sagrado, a 11 de fevereiro de 1270, em Saragoça. Intocável. Protegida. Com poucos dias de vida o avô, Jaime I, levou-a consigo para Barcelona, no meio de uma tempestade. Cresceu a ouvir histórias de grandes conquistas, de reinos divididos por lutas sangrentas entre pais e filhos e entre irmãos. A história de Caim e Abel. Uma história que se repetiu ao longo da sua vida… 
Aos 12 anos casou com D. Dinis, rei de Portugal, e junto dele governou durante 44 anos. Praticou o bem, visitou gafarias, tocou em leprosos e lavou-lhes os pés, gastou a sua fortuna pessoal a ajudar os que mais precisavam e mandou construir o mosteiro de Santa Clara, em Coimbra. Da sua lenda fazem parte milagres, curas e feitos. Mas a melhor rosa de Aragão, que herdou o nome da Santa Isabel da Hung…