Livro da semana: "Os filhos de K."

Os Filhos de K

Edição/reimpressão:2001
Páginas: 264
Editor: Teodolito
Coleção: Teodolito

Sinopse
Os filhos de K., uma história que se divide em quatro partes, 5 de dezembro de 1980, As casas da justiça, Os ascendentes e Os descendentes, começa no dia em que a televisão passava imagens de Camarate, num "tempo de partilha, esse início dos 80", quando Francisco, que se tornará Franz, oferece a Carminho O Processo de Kafka, um livro que a levará a lugares tão distintos como Trogir, Berlim, Oath, Nápoles, ou a uma cidade chamada Antuérpia plantada no centro de Luanda, à procura de Franz, o desaparecido. Durante anos estive convencida de que O Processo era uma leitura feliz. E afinal, se calhar não foi a leitura, foi o tempo juvenil, tão prévio, diz Carminho. E só mais tarde, quando se anuncia ao prisioneiro: "Ainda há-de compreender como tudo isto é verdade", Carminho percebe quem é Josef K. Ou seja, que Josef K. seria ela. Ou seja, que Josef K. somos nós.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas