Violino do Titanic leiloado por 1,06 milhões de euros

O instrumento, que pertenceu a Wallace Hartley e foi encontrado amarrado ao seu corpo após o músico se afogar com os seus sete companheiros de banda e outros 1.500 passageiros do navio, em 1912, foi vendido na leiloeira especializada em Titanic Henry Aldridge and Son, em Devizes, sudoeste de Inglaterra.

O instrumento tem uma inscrição da noiva de Hartley, Maria Robinson, que lhe oferecera o violino para assinalar o seu noivado, e será vendido juntamente com a sua mala de pele, que tem gravadas as iniciais W.H.H..
Durante décadas, o violino foi considerado perdido, mas foi encontrado no sótão de uma casa no noroeste de Inglaterra em 2006, motivando um debate sobre a sua autenticidade recentemente resolvido por especialistas.
Após sete anos de testes, incluindo ressonâncias magnéticas, os investigadores concluíram em março que o instrumento é genuíno.

A banda tocou o hino "Nearer, My God, To Thee" (Mais perto de ti, Senhor) para tentar acalmar os passageiros à medida que subiam para os salva-vidas enquanto o Titanic se afundava no Atlântico Norte após colidir com um icebergue dia 15 de abril. Ler no JN

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas