Estreia da semana: "Espelho meu, espelho meu! Há alguém mais gira do que eu?", "Linha vermelha" e "12 horas para viver"


Espelho Meu, Espelho Meu! Há Alguém mais Gira do que Eu? 
Título original: Mirror Mirror 
De: Tarsem Singh 
Com: Lily Collins, Julia Roberts, Armie Hammer 
Género: Comédia, Aventura 
Classificação: M/6 
Outros dados: EUA, Cores, 106 min. 

Há muito, muito tempo, num reino distante, nasceu uma princesa de pele branca como a neve, cabelo negro como a noite e lábios vermelhos como o sangue, a quem deram o nome de Branca de Neve (Lily Collins). A rainha, sua mãe, morreu após o parto deixando-a aos cuidados do pai. Alguns anos passados, o rei casa novamente. Porém, a nova rainha (Julia Roberts) é uma mulher malvada e obcecada com a sua própria beleza. Quando o rei desaparece misteriosamente numa caçada, o reino perde o seu governante e a pequena princesa fica à mercê da crueldade da rainha. Um certo dia, um príncipe (Armie Hammer) com quem a rainha tencionava casar, conhece Branca de Neve e fica encantado com a beleza inocente e pura daquela jovem. A rainha, que até aí pouca importância dera à sua enteada, fica absolutamente indignada, ordenando que a matem na floresta E é no meio dos bosques que Branca de Neve vai encontrar sete pequenos anões que depressa se tornam família. Realizado por Tarsem Singh ("A Cela", "Imortais") é a mais recente adaptação do famoso conto dos irmãos Grimm.

   
Linha Vermelha 
Título original: Linha Vermelha 
De: José Filipe Costa 
Género: Documentário 
Classificação: M/6 
Outros dados: POR, 2011, Cores, 80 min. 

"Torre Bela", de Thomas Harlan, é um documento único e extraordinário sobre a ocupação da Herdade da Torre Bela no Ribatejo no pós-25 de Abril. A 23 de Abril de 1975, ex-trabalhadores agrícolas e ex-prisioneiros políticos invadem a quinta, propriedade do duque de Lafões, numa acção rara no Ribatejo, quando a maioria das ocupações se passavam no Alentejo e o Ribatejo permanecia refúgio da direita. 37 anos após a rodagem deste filme, José Filipe Costa volta aos seus protagonistas e à sua equipa. De que maneira Harlan interveio nos acontecimentos que parecem desenrolar-se naturalmente frente à câmara? O que é feito hoje dos heróis da altura? O que pensam sobre a ocupação e sobre o filme "Torre Bela"? Que memórias têm dos acontecimentos? "Linha Vermelha" pretende ser um estudo sobre o filme de Harlan e, ao responder a estas questões, demonstrar como "Torre Bela" continua a marcar a história de um período revolucionário português.

   
12 Horas para Viver 
Título original: Gone 
De: Heitor Dhalia 
Com: Amanda Seyfried, Jennifer Carpenter, Wes Bentley 
Género: Drama, Thriller 
Classificação: M/12 
Outros dados: EUA, 2012, Cores, 94 min. 

Jill Conway (Amanda Seyfried) é uma jovem que, após a trágica morte dos pais num acidente, vive com Molly (Emily Wickersham), a sua irmã mais nova. Um ano antes, Jill foi raptada por um psicopata que a abandonou à morte num buraco no meio da floresta. Apesar de ter conseguido escapar e de ter recorrido à polícia, o lugar por ela apontado nunca foi descoberto. Assim, por falta de provas, as autoridades assumem que tudo aquilo não passou de delírios de alguém que ainda não superou a trágica morte dos pais e encerram o caso. Um dia, ao regressar do trabalho, não encontra a irmã em casa e entra em pânico. Convencida de que o seu sequestrador voltou para se vingar, ela recorre à polícia em busca de ajuda. Quando se dá conta que todos assumem que em breve Molly regressará, Jill compreende que apenas pode contar consigo própria. E é então que, numa corrida contra o tempo, percorre todos os cantos da cidade ao encontro do homem que tem assombrado os seus piores pesadelos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas