Philip Roth ganha o prémio Man Booker Internacional 2011




Os livros de Philip Roth “estimularam, provocaram e divertiram uma enorme audiência, que continua a crescer” – e é por isso que o júri do prémio Man Booker Internacional 2011 não teve dúvidas em atribuir o prémio ao autor de "Pastoral Americana", e a um dos mais respeitados escritores norte-americanos. O prémio foi anunciado hoje no Festival de Escritores de Sydney, na Austrália.

A "short-list" dos candidatos incluía o britânico Philip Pullman, autor de livros infantis, o chinês Su Tong, os americanos Anne Tyler e Marilynne Robinson, o australiano David Malouf. Fazia também parte da lista o nome do britânico John le Carré, apesar deste ter pedido para não ser incluído. Ler no Público

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "1089"

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "Desfocado"