Estreia da semana: "Biutiful", "O amor é o melhor remédio" e "Com que voz"


De Alejandro González Iñárritu, com Javier Bardem, Maricel Álvarez, Hanaa Bouchaib

"Biutiful" é uma história de amor entre um pai e os seus filhos. Esta é a história de Uxbal, um homem em conflito, que luta para reconciliar a paternidade, o amor, a espiritualidade, o crime, a culpa e a mortalidade entre o perigoso submundo da Barcelona moderna. O seu meio de subsistência é ganho com biscates, os seus sacrifícios pelos filhos não têm limites. Tal como a vida, esta é uma história circular que termina onde começa. À medida que o destino o cerca e que vão sendo ultrapassados limites, um caminho fusco e redentor que se vai iluminando. Iluminando as heranças outorgadas de pai para filho, e a mão paternal orientadora que guia os caminhos da vida, sejam bons, maus - ou belos.


Realização: Edward Zwick

Intérpretes: Jake Gyllenhaal, Anne Hathaway, Oliver Platt, Hank Azaria, Gabriel Macht, Judy Greer

Sinopse
Maggie é um espírito livre que não permite que nada a prenda, nem mesmo um fascinante desafio pessoal. Mas conhece a sua cara-metade em Jamie Randall, cujo charme impiedoso e quase infalível o servem bem com as senhoras e o mundo implacável das vendas farmacêuticas. A evolução da relação entre Maggie e Jamie apanha-os de surpresa, ao darem conta de estarem sob a influência da derradeira droga: o amor.


Realização: Nicholas Oulman
Sinopse
Documentário biográfico sobre Alain Oulman e sobre a sua estreita relação artística com Amália Rodrigues, o documentário é também um retrato social e politico de Portugal nas décadas de 60 e 70 do século passado

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas