“Ilusão (ou o que quiserem)” de Luísa Costa Gomes vence Prémio Fernando Namora

O romance “Ilusão (ou o que quiserem)”, de Luísa Costa Gomes, é o vencedor do Prémio Literário Fernando Namora/Estoril Sol, pela inovação e ágil registo estilístico, como assinalou em acta o júri.

A obra editada em Novembro do ano passado marcou o regresso da escritora ao romance, dez anos depois de “Educação para a tristeza”. “Ao galardão, com o valor pecuniário de 25 mil euros, concorreram meia centena de obras, todas editadas em 2009, tendo a escolha de “Ilusão (ou o que quiserem)” sido unânime, disse à Lusa a mesma fonte.

O júri considerou a obra “manifestamente inovadora, quer pela sua excelente construção, quer pelo seu ágil registo estilístico de constante ironia, quer pela análise penetrante de alguns comportamentos tipo da actual sociedade portuguesa, muito em especial no tocante a métodos pedagógicos aplicados nas escolas e à animação cultural na província, bem como à densidade da narrativa”.Ler no Público

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "1089"

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "Desfocado"