Morreu Miep Gies, a guardiã do diário de Anne Frank


Miep Gies, a última sobrevivente do grupo que ajudou a proteger Anne Frank e a sua família dos Nazis, morreu ontem, na Holanda, aos 100 anos. Durante dois anos, entre 1942 e 1944, a jovem Anne Frank e a sua família viveram escondidas num anexo à loja do pai, Otto Frank, em Amesterdão. Foi Miep Gies que guardou o diário que Anne Frank tinha escrito durante o período em que esteve escondida e que, em 1947, o devolveu a Otto Frank. O pai de Anne Frank foi o único do grupo do anexo que sobreviveu à guerra.
"O Diário de Anne Frank" tornou-se um dos livros mais vendidos em todo o mundo. Desde então, Miep Gies tem viajado por vários países para dar palestras sobre Anne Frank e sobre a sua experiência, decidida a preservar a memória daqueles que morreram na Segunda Guerra Mundial. Ler no Diário de Notícias.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas