Antologia reúne oito séculos de arte poética em língua portuguesa



"São cerca de 2000 poemas de 267 autores agora compilados numa obra que pretende dar uma panorâmica da poesia portuguesa desde o século XIII até ao início do século XXI.

Se é certo que a poesia aspira sempre ao eterno, ela não é, contudo, intemporal. Está sujeita ao gosto, às correntes estéticas, às modas de cada época. Alguma sobrevive, outra cai no esquecimento. Reunir num único volume aquela que sobreviveu ao tempo e aquela que ficou esquecida é o grande objectivo de Poemas Portugueses, a mais vasta antologia de poesia portuguesa jamais feita e que será lançada amanhã no mercado.

A obra, que reúne cerca de dois mil poemas de 267 autores, cobre oito séculos de arte poética e tem a chancela da Porto Editora. Foi organizada por Jorge Reis-Sá e Rui Lage e tem o prefácio de Vasco Graça Moura." Ler no DN Artes

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas