Marie NDiaye ganha o mais presitigiado prémio literário francês


A escritora francesa Marie NDiaye (de ascendência senegalesa) foi hoje anunciada como a vencedora do prémio Goncourt, um centenário galardão literário que é o mais prestigiado prémio do género em França.
NDiaye, de 42 anos, foi distinguida pelo livro “Três Mulheres Poderosas”, que aborda o problema da imigração ilegal de africanos para a Europa e as relações entre os países africanos e os ex-colonizadores, temas que têm sido frequentes na obra da escritora.
Há 11 anos que o galardão não era atribuído a uma mulher e nunca tinha sido entregue a uma mulher negra. O vencedor do Goncourt recebe um prémio simbólico de dez euros.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas