Prémio Peter Pan distingue romance de Alice Vieira


A escritora Alice Vieira obteve, com o romance juvenil "Flor de Mel", a Estrela de Prata do Prémio Peter Pan, atribuída pela International Board on Books for Young People, IBBY, e a Feira do Livro de Gotemburgo, na Suécia.


"Honungsblomma" na tradução sueca, "Flor de Mel" foi publicado na Suécia pela Lusima Böcker em 2008. O prémio, sem dotação pecuniária, consta de um diploma para o autor, o ilustrador, o tradutor e o editor sueco.

Como a autora relembrou à agência Lusa, o livro, um dos primeiros romances juvenis que escreveu, conta "a história de uma criança muito imaginativa que vive com o pai, mas a quem nunca ninguém fala da mãe e para quem ela imagina destinos fabulosos".

No final, o pai "aparece em casa com uma senhora ao lado" mas, observa Alice Vieira, tudo fica "um bocadinho em aberto: os mais optimistas dirão que é a mãe que regressa, outros que é a segunda mulher do pai".

"É uma história muito poética", sintetizou.

Relativamente ao prémio, que vai juntar-se a uma já longa lista de galardões recebidos numa carreira literária iniciada há 30 anos, Alice Vieira realça sobretudo a importância que tem o reconhecimento do seu trabalho literário por entidades prestigiadas como a IBBY.

Instituído em 2000 pelo IBBY e pela Feira do Livro de Gotemburgo, o Prémio Peter Pan é atribuído anualmente a um livro infantil ou juvenil de autor estrangeiro com qualidade literária e temática.

O IBBY, uma associação internacional sem fins lucrativos criada em 1953 em Zurique e com secções nacionais em dezenas de países, entre os quais Portugal, apoia a divulgação, por vários meios, da boa literatura para crianças e jovens em todo o mundo. [jn.pt]
Títulos disponíveis na Biblioteca Municipal

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas