Poetisa Glória de Sant' Anna morre aos 84 anos

A poetisa Glória de Sant´Anna morreu ontem, no Hospital de Gaia, aos 84 anos, disse fonte próxima da família.

Glória de Sant´Anna nasceu em Lisboa, a 25 de Maio de 1925, fez o curso complementar de Letras no Colégio de Odivelas e em 1951, já casada, partiu para Nampula, em Moçambique. Em 1974, regressou a Portugal, disse o escritor e crítico literário Eugénio Lisboa.

A poetisa vivia em Ovar e foi uma das vozes do lirismo de Moçambique. Recentemente, a editora moçambicana Nadjira, do grupo LeYa, editou uma colectânea de poesia de Glória de Sant´Ana, intitulada "Solamplo", com prefácio de Eugénio Lisboa. "Mas aquilo a que poderíamos, sem exagero, chamar a sua 'glória', nada teve de ruidoso. Foi sempre uma personagem de um pudor e 'retiro' exemplares", escreveu.

[jn.sapo.pt]

"Negrinha faceira,
dentro da água cálida,
quem olhará
tua graça?
Ou quem verá teu riso
esparso
entre uma onda translúcida
e um sargaço?

(...)

Os teus pés estão sobre os búzios claros
e vazios,
e há música e sol
em teus ouvidos.
Mas quem passa, deixando pegadas na areia,
não olha para ti, negrinha faceira.

(Amaranto, 1988, p.62)

Biografia:

http://www.aaaio.pt/public/ioand276.htm

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas