Poesia sim

Esquecer.
aaaaaaaaaEsquecer tudo.
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAbrir
ao dia as janelas.
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaEsvaziar
a habitação onde
húmido, não visível, esteve
o corpo.
aaaaaaaaTrespassa-o
o vento.
ssssssssssE nada acha.
Procuram em todos
os cantos.
sssssssssssNão poder encontrar-se.

José Ángel Valente

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas