"Jerusalém" nomeado para prémio Cévennes

O livro de Gonçalo M. Tavares, está entre os dez finalistas do prémio Cévennes, atribuído ao melhor romance europeu publicado naquele país em 2008. O vencedor será anunciado a 13 de Junho.
As traduções de O Senhor Calvino e O Senhor Kraus devem ser publicadas ainda este ano em França, onde um ano depois chegará às livrarias o romance Aprender A Rezar Na Era Da Técnica.

A obra de Gonçalo M. Tavares, publicada em França no final de 2008 pela editora Viviane Hamy, está entre os dez finalistas àquele prémio literário, no valor de 25 mil euros, dos quais 20 mil euros se destinam ao autor e os restantes 5 mil euros premeiam o tradutor. Em Maio serão escolhidos cinco finalistas e o vencedor será anunciado a 13 de Junho em Alés, sul de França, por um júri que integra editores, críticos e escritores. Além de Gonçalo M. Tavares, são finalistas os escritores Manuel Rivas, Hanif Kureishi, Sandro Veronesi, Jean Echenoz, Sasa Stanisic, Morten Ramsland, Jean-Baptiste Del Amo, Vassili Golovanov e Charles Lewinsky. Além de "Jerusalém", Gonçalo M. Tavares tem publicado em França "Monsieur Valéry" e este ano serão editadas também as traduções de "O senhor Calvino" e "O Senhor Kraus". O romance "Aprender A Rezar Na Era Da Técnica" deverá sair no mercado francês em 2010, adiantou a Editorial Caminho. Vencedor do Prémio Saramago em 2005 e Prémio Portugal Telecom 2007, Gonçalo M. Tavares prepara uma nova linha de ficção na Porto Editora, que tem como ponto de partida o conceito de cidade. Gonçalo M. Tavares, 38 anos, é considerado um dos melhores romancistas da sua geração. Dele, José Saramago elogia-lhe a "imaginação totalmente incomum" e "uma linguagem muito própria, em que a ousadia vai de braço dado com a vernaculidade". "Vaticinei-lhe o prémio Nobel para daqui a trinta anos, ou mesmo antes, e penso que vou acertar", escreveu José Saramago domingo no seu blogue "O Caderno de Saramago". [publico.pt]

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "1089"

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "Desfocado"