Francisco José Viegas completa hoje 47 anos

Francisco José Viegas nasceu em Vila Nova de Foz Côa a 14 de Março de 1962.
Como jornalista trabalhou em mais de dez títulos da imprensa portuguesa: Jornal de Letras, Expresso, Semanário, O Liberal, O Jornal, Se7e, Visão, Diário de Notícias, O Independente, Notícias Magazine, Record, Elle, Volta ao Mundo, Oceanos. Foi director das revistas Ler, Grande Reportagem e Gazeta dos Desportos. A partir de Janeiro de 2006 foi director da Casa Fernando Pessoa, em Lisboa; em Fevereiro de 2008 regressou à direcção da revista Ler.
Publicou obras de divulgação, poesia, romances, contos, teatro e relatos de viagens. Em 2006, Longe de Manaus (romance policial) recebeu o Grande Prémio de Romance e Novela, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores.
w
Obras:
w
Poesia

e
O Verão e Depois (1978)
Fascínio da Monotonia (1982)
Olhos de Água (1983)
Paisagens, Caligrafias (1983)
As imagens (1987)
Todas as coisas (1988)
Poemas (1988)
O Medo do Inverno Seguido de Poemas Irlandeses (1994)
Metade da Vida (2002)
O puro e o impuro (2003)
Se me comovesse o amor (2008)

f
Viagens
o
Nas Margens de um Rio (1987)
Comboios Portugueses (1988)
O Voo dos Anjos (1995)
r

Romances
r
Regresso por um Rio (1987)
Crime em Ponta Delgada (1989)
Morte no Estádio (1991)
As Duas Águas do Mar (1992)
Um Céu Demasiado Azul (1995)
Um Crime na Exposição (1998)
Um Crime Capital (2001)
Lourenço Marques (2002)
Longe de Manaus (2005)
A Poeira que cai sobre a Terra (2006)

r
Teatro
r
O Segundo Marinheiro (1988)


Guias
r
99 cervejas + 1 ou Como Não Morrer de Sede no Inferno (2006)

e
Crónica

e
Algumas Distracções (2006)
Um Liberal à Moda Antiga (2008)
"Os Males da Existência - Crónicas de um reaccionário minhoto", por António Sousa Homem.

a
Boas Leituras

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "A princesa Sofia e a fada trapalhona"

Livro da semana: "Os pássaros também choram" de Tiago Seixas