Cinema: Estreias da semana: "Quando tudo está perdido", "Aquele estranho momento", "Voltar a nascer" e "Filomena"

Quando Tudo Está Perdido

Título original:
All is Lost
De:
J.C. Chandor
Com:
Robert Redford
Género:
Drama, Acção, Aventura
Classificação:
M/12
Outros dados:
EUA, 2013, Cores, 106 min.
Um homem navega as águas do oceano Índico, completamente só. Uma manhã, o seu barco colide com um porta-contentores à deriva. Com o equipamento de navegação e o rádio avariados e com apenas um sextante e cartas náuticas para se orientar, ele terá de seguir a sua intuição e deixar-se levar pelas correntes oceânicas, esperando que elas o levem até uma rota onde possa ser encontrado. A debater-se desesperadamente com as forças da natureza, sem mantimentos ou água potável, apenas terá a seu favor o instinto de sobrevivência e a experiência de uma vida como homem do mar. 
Com realização e argumento de J.C. Chandor ("O Dia Antes do Fim"), um filme dramático quase sem diálogos, que conta com Robert Redford como único protagonista. PÚBLICO


Aquele Estranho Momento

Título original:
That Awkward Moment
De:
Tom Gormican
Com:
Zac Efron, Michael B. Jordan, Miles Teller
Género:
Comédia
Classificação:
M/16
Outros dados:
EUA, 2014, Cores, 94 min.
A dividir casa e dramas pessoais em Nova Iorque, Jason, Daniel e Mikey são amigos inseparáveis. Quando Mikey é abandonado pela namorada, os outros resolvem ser solidários e, num pacto de irmandade, prometem aproveitar a vida ao máximo e nunca mais se deixarem enredar pelo compromisso. A premissa: se um está solteiro, os outros também têm de estar para se poderem acompanhar nas loucas noites na "cidade que nunca dorme". Tudo parece fazer sentido até Jason e Daniel, numa dessas saídas nocturnas, conhecerem Ellie e Chelsea, duas raparigas que, contra todas as probabilidades, os fazem querer abandonar a tão prometida solteirice e avançar para uma relação mais séria. Porém, divididos entre a lealdade para com o amigo e um sentimento forte pelas jovens, os dois vão ter de encontrar uma forma de resolver o assunto e evitar muitos dissabores. 
Uma comédia romântica sobre as dificuldades de relacionamentos. Marca a estreia na realização de Tom Gormican e conta com a participação de Zac Efron, Miles Teller e Michael B. Jordan. PÚBLICO


Voltar a Nascer

Título original:
Venuto al Mondo
De:
Sergio Castellitto
Com:
Penélope Cruz, Emile Hirsch, Adnan Haskovic
Género:
Drama, Guerra
Classificação:
M/16
Outros dados:
ITA/ESP, 2012, Cores, 127 min.
Sarajevo, Bósnia. Gemma e Diego (Penélope Cruz e Emile Hirsch) são jovens e vivem uma intensa história de amor. Porém, o país vive os tempos conturbados da guerra e Diego é morto. Consumida pela dor, ela é obrigada a fugir do país com Pietro, o filho de ambos. Depois de 16 anos a viver em Itália, Gemma regressa a Sarajevo com Pietro, decidida a mostrar-lhe o lugar onde nasceu e, talvez assim, reatar alguns laços perdidos. Naquele lugar, confrontada com a dor que o tempo ainda não apagou e com segredos que sempre se esforçou por esquecer, ela vai finalmente encontrar a redenção que procurava. 
Um filme dramático realizado por Sergio Castellitto (“Não te Movas”, “La Bellezza del Somaro”), que mais uma vez adapta ao cinema a obra da escritora e actriz italiana Margaret Mazzantini. PÚBLICO


Filomena

Título original:
Philomena
De:
Stephen Frears
Com:
Judi Dench, Steve Coogan, Sophie Kennedy Clark
Género:
Drama
Classificação:
M/12
Outros dados:
EUA/FRA/GB, 2013, Cores, 98 min.
Irlanda, 1952. Numa sociedade profundamente conservadora, a jovem Philomena engravida. Por esse motivo, é enviada para um convento onde, como forma de remissão, é obrigada a trabalhar e a dar o filho para adopção. Cinquenta anos volvidos, e após muitas tentativas de reencontrar a criança, Philomena ainda não perdeu a esperança. É então que o acaso a leva a conhecer Martin Sixsmith, ex-correspondente da BBC, que se interessa pelo assunto e lhe propõe escrever um artigo para uma revista. Juntos, seguem viagem até aos EUA, onde lhes será revelada a extraordinária história da criança perdida e onde ainda haverá espaço para uma cumplicidade inesperada, que ajudará ambos a abraçar a vida de uma outra maneira. 
Um filme sobre o amor e a perda, assinado pelo veterano Stephen Frear ("Ligações Perigosas", "A Rainha", "Chéri"), que conta com quatro nomeações para os Óscares: melhor filme, argumento adaptado, actriz (Judi Dench) e banda sonora original. O argumento, da responsabilidade de Steve Coogan e Jeff Pope, tem por base a história real de Philomena Lee, contada no livro "The Lost Child of Philomena Lee", escrito pelo próprio Martin Sixsmith. Judi Dench e Steve Coogan dão vida às personagens principais. PÚBLICO

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "1089"

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "Desfocado"