Prémios APE


O escritor Armando Silva Carvalho foi o vencedor, por unanimidade, da edição de 2008 do Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores/CTT com a colectânea "O Amante japonês", publicado pela Assírio & Alvim.
Nascido em 1938 em Olho Marinho, Óbidos, Armando da Silva Carvalho é um dos nomes mais destacados da poesia portuguesa de hoje, mas a sua obra estende-se também ao domínio da ficção.

Como poeta, escreveu, entre outros títulos, "Lírica consumível", "Os ovos de oiro", "Armas Brancas", "Técnicas de engate", "Sentimento de um ocidental", «O livro de Alexandre Bissexto», «Canis Dei» e «Sol a sol».

Na ficção, é autor de "O alicate", "O uso e o abuso", "Portuguex", "Donamorta", "A vingança de Maria de Noronha", "Em nome da mãe", "O homem que sabia a mar" e, em parceria com Maria Velho da Costa, o "romance epistolar" intitulado "O Livro do Meio".


O volume "Bilhetes de Colares 1982-1998" (Assírio & Alvim), de A. B. Kotter, pseudónimo de José Cutileiro, venceu, por unanimidade, o Grande Prémio de Crónica Associação Portuguesa de Escritores/C. M. de Sintra.


Diplomata, José Cutileiro foi, entre outras coisas, director político do Ministério dos Negócios Estrangeiros, embaixador em Maputo e Pretória, representante da Comissão dos Direitos do Homem da ONU para a Jugoslávia e a Bósnia e secretário-geral da União da Europa Ocidental. Posteriormente, recebeu um convite para o cargo de conselheiro especial do presidente da Comissão Europeia (Durão Barroso). Enquanto académico, foi 'fellow' do St. Anthony's College de Oxford, leitor da School of Economics and Political Science de Londres e professor no Instituto de Estudos Avançados George F. Kennan da Universidade de Princeton. Publicou livros como A Portuguese Rural Society (Oxford, 1971) e Vida e Morte dos Outros - A comunidade internacional e o fim da Jusgoslávia (Lisboa, 2003), para além de numerosos artigos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Livro da semana: "1089"

Livro da semana: "Todos os caminhos"

Livro da semana: "Desfocado"